Missão

O Madan Parque é um parque de ciências e tecnologia estabelecido em 1995, e ativo desde o início de 2000, cuja missão é desempenhar um papel de interface entre o mundo académico e as empresas. As atividades centrais consistem na promoção de NTBFs e na sua aceleração, bem como no desenvolvimento de projetos de conhecimento intensivo na região.

Linhas de ação:

  • MADAN Incubação
  • MADAN Internacional
  • MADAN Labs
  • MADAN Coaching
  • MADAN Seed Capital

O Madan Parque opera uma incubadora de base tecnológica, cujo papel é passa por ser facilitador e acelerador para com as suas empresas incubadas, nomeadamente no que diz respeito à internacionalização das mesmas. O objectivo principal é estimular a criação de NTBFs afiliadas a várias áreas científicas, que aproveitam a proximidade física da FCT-UNL (Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Lisboa), que é o mais importante accionista de Madan Parque.

Um estudo levado a cabo recentemente revelou vários KPIs interessantes, nomeadamente: a população global é composta por 52 NTBFs; 70% destas empresas pertencem ao cluster de ICT; 59% da força de trabalho acumulada tem entre 31 a 35 anos e 43% provém da FCT-UNL. A força de trabalho é muito bem qualificada (45% de graduados e 47% de pós-graduados), onde 37% dos CEOs são mulheres, transformando assim a incubadora Madan como um exemplo de igualdade de género e promoção do empreendedorismo feminino.

Parque Tecnológico
Parque Tecnológico

O ecossistema de inovação local compreende vários atores e, em particular, o UNINOVA, uma organização de pesquisa com larga experiência em Eletrónica e Telecomunicações, TICs e Sistemas de Gestão, Robótica e Manufatura. É fortemente afiliado à FCT-UNL e também é um accionista do Madan Parque. As experientes equipas de investigação da UNINOVA, bem como a proficiência dos Departamentos de Engenharia Electrotécnica e Informática da FCT-UNL têm ajudado a incubadora a alimentar NTBFs cujo core business está muito voltado para produtos e serviços baseados em TIC, ainda que não exclusivamente.

O grupo de acionistas compreende ainda 2 Conselhos Municipais, ou seja, Almada (fundador) e Seixal (inscrito numa fase posterior). Estes municípios criaram incubadoras locais cuja gestão é também apoiada pelo Madan Parque. Existe um quadro comum, bastante instrumental para o cumprimento dos objectivos e prioridades delineados no actual RIS3.

O Madan Parque é bastante ativo em termos de atividades de desenvolvimento de negócios em benefício das empresas incubadas, através de: A) acesso privilegiado à rede de parceiros (nacionais e internacionais); B) identificação de potenciais clientes, nomeadamente nacionais; C) identificação de fundos potenciais a nível nacional (principalmente P2020) e a nível internacional (sobretudo projectos financiados pela UE, como o H2020, SME Instrument, COSME, Interreg SUDOE, Interreg MED, Interreg Atlantic, Interreg Europe e o programa Erasmus +).

A missão do Madan Parque (como acelerador) é assim suportada por uma infinidade de serviços estruturados em 5 áreas de negócio, nomeadamente: 1) INCUBAÇÃO – Serviços básicos; 2) COACHING – Formação e Eventos Orientados ao Mercado; 3) SEED CAPITAL – Rede de Investidores, captação de fundos de investimento para financiamento às empresas incubadas; 4) INTERNACIONAL – Serviços de apoio à Internacionalização e Projectos Cooperativos e 5) LABs – Bridging Innovation com FCT-UNL.

Parque Tecnológico